A valorização do tradutor

sexta-feira, abril 5th, 2019

Realizou-se no mês de Março a 10ª Conferência Anual de Tradução Internacional da Hamad Bin Khalifa University (Catar) e, este ano, falou-se sobre o papel da tradução na sociedade. Foi destacado o fato de que a tradução é um agente de mudança e progresso na nossa sociedade globalizada, além da questão do seu dinamismo e da capacidade que a área nos oferece, de ser capazes de compreender e dar sentido ao mundo, fora a dos limites da linguagem.

Ler sobre esse evento iniciou um debate na nossa equipe: como é possível que, sendo a tradução uma área cuja importância é tão destacada, ainda ocorram fiascos tradutórios como o caso da intérprete falsa na Flórida ou, pior ainda, o falso intérprete do ex-presidente Obama, na África do Sul?

Algumas teorias que surgiram foram, a princípio, sobre a invisibilidade de tradutor. É sempre dito que não devemos deixar nossa marca nas obras que traduzimos e que o resultado final deve ser tão fluente e direto como o texto original. O problema é que, às vezes, o tradutor se torna tão invisível que nem mesmo seus direitos são respeitados ou seu trabalho valorizado, como é o caso da tradução de uma das maiores obras literárias para o português. E esse não é o único caso, como demonstra uma simples pesquisa na internet.

Por outro lado, talvez, a ideia errônea de que o Google irá nos substituir pela sua praticidade e o fato de ser “gratuita” é outro fator que impacta na nossa imagem. Já faz alguns anos que as pessoas se aventuram a tentar traduzir eles mesmos seus textos utilizando essa ferramenta, mas ela ainda comete erros crassos e há inúmeros aspectos que não compreende corretamente, comprometendo a qualidade final. Ou, também, a noção de que apenas ter conhecimento da língua-alvo é o suficiente para se desempenhar na área, o que geralmente não é o caso.

Cabe a nós, como empresas de tradução e tradutores em geral, valorizar nosso trabalho e o dos colegas. Destacar, sempre que possível, a importância de um trabalho professional e de qualidade. Afinal, ninguém gostaria de ser tratado por um médico sem formação, ou construir sua casa com um engenheiro que não sabe fazer contas. Com a tradução, que é base de muitíssimos aspectos da nossa sociedade, também não pode ser diferente!

Conheça mais sobre nosso trabalho no nosso site e saiba o que fazemos e como nos desempenhamos para trabalhar com qualidade e excelência, para valorizar nosso trabalho e garantir a valorização do seu!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019