Tradução & Fotografía

sexta-feira, novembro 4th, 2016

O assunto: o jumento e seu valor no século 21. O objetivo: produzir a tradução do texto que complementa as imagens lindas e marcantes do fotografo Marcelo Buainain, abrindo esse mundo pouco conhecido por um público fora do Brasil.

Foto_Jumento_Marcelo_BuainainAo pensar sobre o jumento, é fácil considerá-lo um animal pouco interessante e esquecer da história longa e completa que ele tem. Um animal que desde os primeiros registros do homem transportava pessoas e carga, hoje em dia sofre abandono nas estradas e rodovias do pais. Este animal já foi vendido para a China e foi usado tanto na alimentação como na indústria cosmética (por valores que já atingiram quase US$400 mil por ano). Além disso, também há discussões para que um dia passe a servir de alimentação para presídios.

Essa foi uma tradução que juntava depoimentos, imagens e uma importância cultural e econômica enorme sobre a Região Nordeste do Brasil.

Uns dos pontos-chaves era passar a essência desse animal e como ele é visto na Região Nordeste do Brasil. Ao contrário do que muitos pensam sobre o jumento – o fato dele ser um animal menos inteligente – ele era de extrema importância em certas regiões, não só utilizado para trabalhar, mas também em muitos casos visto como um membro da família, junto com os animais de estimação.

Porém, com o aumento no uso de motos e maquinas agrícolas, o jumento vem sendo dispensado e, como resultado, abandonado nas estradas e causando um número grande de acidentes. Agora o desafio para as autoridades é encontrar usos alternativos ou lugares de abrigo para o animal.

Durante a “viagem” encaramos várias palavras típicas como “Sertanejo”, “Caatinga”, “Sertão”; palavras que representam um lugar único e uma cultura única. O lugar, o Nordeste, faz o pano de fundo desse texto, e poder viajar para essa região distinta, diferente de muitas outras no Brasil, foi um bônus muito gostoso que nós tradutores, às vezes, temos a sorte de poder desfrutar!

Vale a pena conferir as imagens e parar um pouco para pensar sobre a importância dessa ocorrência no Brasil hoje.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019