Tendências na tradução para 2020

segunda-feira, dezembro 30th, 2019

Com o fim de 2019 e a chegada da nova década, uma questão recorrente que aparece dentro do mundo profissional é “o que fazer a seguir? Quais serão as novas tendências a seguir para o próximo ano?” e não é diferente para a área de tradução. Investigando em alguns sites especializados e agências de tradução internacionais, nossa equipe selecionou alguns itens que chamara a atenção e que com certeza vale a pena se aprofundar para entrar no próximo ano com o pé direito:

– Localização e globalização: Já são tendência há algum tempo, mas, cada vez mais, as empresas estão procurando se comunicar e atingir seus clientes internacionais, e é por isso que uma simples tradução não basta. É aí que entra a localização: adaptar um conteúdo, para além das palavras, e fazer ele realmente se encaixar na cultura de destino, seja na terminologia ou na forma como as ideias são passadas. No Brasil, podemos perceber isso cada vez mais em livros, jogos e seriados que pegam aspectos culturais do brasil, por exemplo e os transmitem nos seus textos, como mencionamos no nosso texto sobre tradução de animações;

– Webinars / E-Learning: Segundo a Forbes, o mercado de e-learning vai valer aproximadamente $355 bilhões até 2025. E todo esse conteúdo de ensino sendo gerado precisa ser traduzido para suprir a demanda internacional. E não é só o conteúdo: as ferramentas e plataformas onde está esse conteúdo também precisarão ser traduzidas, sendo uma oportunidade interessante para tradutores que também dominam linguagem de software. No Brasil, cada vez mais escolas de línguas e universidades estão adotando a modalidade EAD, e as pessoas estão passando também a consumir cursos ministrados em língua estrangeira, mostrando que esse fenômeno é global e o Brasil também está inserido;

– Legendagem / localização de legendas: Segundo a Cisco, em 2021, estaremos assistindo e baixando 1 milhão de minutos de vídeo por segundo. A maior parte desse conteúdo é disponibilizado em inglês, e a necessidade por tradução é óbvia, afinal, se está na internet, é altamente provável que esteja disponível para pessoas de qualquer canto do mundo. Cada vez mais, transmissões ao vivo são armazenadas em plataformas para assistir posteriormente e nelas surge a possibilidade de disponibilizar legendas, como já faz, por exemplo, o site de TEDTalks. Além disso, segundo Facebook, 85% das transmissões feitas na plataforma, são reproduzidas sem áudio, sendo a legendagem essencial;

– Edição e revisão de MTs (Machine Translations): Junto com a localização, essa área já é tendência há algum tempo, mas continua crescendo exponencialmente. O desenvolvimento de inteligências artificiais que realizam traduções de vários tipos (seja textual ou simultânea) abre uma oportunidade para os profissionais da área, já que esses sistemas ainda são bastante falhos, precisando das correções, edição e contribuição de tradutores, revisores e profissionais de controle de qualidade. Essa é uma área que nossa equipe conhece e já trabalha ativamente há anos, podendo afirmar que a tradução por máquina pode ser nossa aliada, e não nossa inimiga;

Em qual tendência você irá se focar no próximo ano? Qual você considerou a mais interessante? Na Vernaculum, estamos sempre nos atualizando e entender um pouco mais do mercado nos parece uma estratégia fundamental. Acesse nosso site e conheça mais sobre nossa metodologia e sobre como trabalhamos para nos manter à par dos tempos e trazer a melhor qualidade e serviço!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019