Recomendações de leitura

sexta-feira, setembro 6th, 2019

No mês passado, em comemoração do WIT Month, recomendamos alguns livros de autoras / tradutoras e, aproveitando o clima das recomendações, pensamos que seria uma boa hora para trazer um livro técnico sobre a área. Afinal, em Setembro é comemorado o Dia do Tradutor, e todo aprendizado sobre nossa profissão sempre é bem-vindo!

Não é incomum se deparar com livros que estudam e analisam a tradução de maneira mais profunda e detalhada. E alguns deles desempenham essa tarefa de maneira excelente. Nossa recomendação de hoje é o livro Traduzir com autonomia, de Fábio Alves, Célia Magalhães e Adriana Pagano. Como diz seu subtítulo “estratégias para o tradutor em formação”. Logo no primeiro capítulo, o livro introduz alguns aspectos básicos da atividade tradutória e, por meio de exercícios e dinâmicas que estimulam a reflexão antes de passar para a etapa de orientação, derruba alguns mitos e crenças preestabelecidas sobre como funciona este tipo de trabalho.

Posteriormente, é orientada a melhor forma para dividir seu texto na hora de traduzir, para obter unidades de texto coesas e fáceis de manejar, além de estimular a reflexão sobre como a divisão das partes do seu texto é fundamental para não ocorrer enganos e perder o verdadeiro sentido das frases. Novamente, fazendo isso através de exercícios e exemplos interessantíssimos, que rapidamente despertam a curiosidade do leitor.

Finalmente, após essas duas etapas inicias serem esclarecidas, o livro debruça-se sobre estratégias para pesquisa terminológica, utilização de nossa memória e dos nossos conhecimentos prévios para trabalhar na tradução e na análise sintática, microtextual e macrotextual dos textos, como ferramentas para auxiliar no processo e nos dar pistas das melhores opções e formas de trabalhar.

A leitura é dinâmica e, pela constante presença de exercícios, sempre há uma reflexão a ser feita ou uma atividade desafiadora que nos faz pensar nas melhores soluções, fazendo com que a leitura não se torne monótona, apesar do alto grau de conhecimento técnico contido no livro. Todos esses exercícios possuem também o gabarito no final do material e podem funcionar não apenas como ferramentas para estudar tradução, mas também para analisar a forma como compreendemos uma língua, comparado à nossa língua materna!

O livro está à venda em várias livrarias online e vale muito a pena! Afinal de contas, o que faz de um tradutor um professional é o seu conhecimento e sua experiência!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019