Recomendação literária

sexta-feira, maio 15th, 2020

Ao entrar na faculdade de tradução, uma das primeiras coisas que ouvimos é que, para ser tradutores, precisamos gostar de ler. Há quem discorde disso, mas, para mim, foi algo fácil de aceitar: sempre gostei de ler e sempre consumi uma grande quantidade de livros, em variados idiomas. E com o passar do tempo me aprofundando na área, o interesse crescente por comparar obras me fez ler vários livros repetidos, em diferentes línguas e, pensando nisso, junto com a recomendação de minhas obras favoritas, trago algumas observações, nesta série de posts.

Carlos Ruiz Zafón – A Sombra do Vento

Com tradução de Marcia Ribas, este livro acompanha o crescimento de uma criança em Barcelona, logo após o fim da Guerra Civil Espanhola, e sua busca pelas respostas que envolvem seu livro favorito. A história é um suspense, que presta homenagem à paixão pela leitura e possui personagens muito cativantes, dentro de uma narrativa envolvente e surpreendente. Tudo isso, emoldurado pelas belíssimas descrições da Barcelona gótica, com suas ruas, praças e pessoas pitorescas, afinal, o autor é espanhol e nasceu nessa cidade.

O livro é tão bom, que eu seria capaz de lê-lo em todas as línguas possíveis e provavelmente amaria. E, quem pensa que se perde qualidade na hora de traduzir, que pense novamente: o trabalho de Márcia é impecável, e mesmo que em outra língua, consegue passar muito bem o clima e a sensação de estar na Espanha, de uma forma muito sutil.

Considero que, a prosa, de forma geral, nunca perde quando é traduzida. Claro que há situações aqui e ali, mas nunca vi um desserviço à obra original no meu tempo de leitora. Os tradutores são, antes de mais nada, leitores, e isso é visível. Todos os recursos são usados, e mesmo passando “despercebido” sabemos que o livro passou por um processo que permitiu que ele chegasse até a nossa língua nativa, e isso torna toda a situação ainda mais bela.

E você? O que tem lido durante este período de quarentena? Quais são suas obras favoritas? Já tentou ler elas em outras línguas? Faça o teste! A língua é um recurso riquíssimo e enriquecedor, e podemos aprender enquanto desfrutamos, através de boas leituras!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019