Curiosidades linguísticas – Edição Musical

sexta-feira, novembro 11th, 2016

Se você é um hipster de respeito, você adorará este post! Hoje falaremos sobre músicas bem antigas que por algum motivo acabaram sofrendo erros relacionados a digitação ou tradução nos seus títulos. Caso nunca tenha ouvido falar delas, recomendo que pare tudo que está fazendo e pesquise, pois vale muito a pena!

Era do jazz: Ano de 1926

Nossa viagem musical começa no ano de 1926 com um pouco de jazz. O caso dessa peça chegou a mim porque meu pai me perguntou um dia o que significava “muskat ramble”. Muskat é uma especiaria semelhante à noz moscada e junta-la com “ramble”, que é um tipo de passeio, não faria sentido nenhum. O título traduzido da peça na época do lançamento era “O rato que passeia”, fato que me deixou mais confusa ainda.
muskat_ramble

Na realidade Muskrat ramble é uma composição de Kid Ory, tocada por Louis Armstrong and His Hot Five que se tornou um clássico dos repertórios de jazz. A primeira tiragem deste long play veio com um erro de digitação no qual “muskrat” – roedor aquático – acabou virando “muskat” e foi aí que surgiu a confusão. Posteriormente esse erro foi corrigido e as peças com o erro são agora um artigo raro.

Origens do Rock ‘n’ Roll: Ano de 1950

Bill Haley & His Comets foi uma das bandas mais importantes do rock, já que levou esse gênero musical às plateias e ao mundo. Sua música mais famosa “Rock around the clock” é bill_haleyum grande clássico até hoje e com certeza você já a ouviu em algum lugar.

Obviamente, o vocalista da banda aproveitou-se da semelhança do seu nome (Haley) à do cometa que nos visita a cada 76 anos e criou a referência no nome da banda. O problema foi que a pronuncia do sobrenome Haley (algo parecido com rãli) é diferente da pronuncia de Halley, que é oficialmente o nome do cometa (pronuncia-se rállei). E, devido à banda, a população começou a denominar o cometa com a pronúncia errada e esse erro de pronúncia se mantem até hoje!

Pop Rock: Ano de 1965

Outro clássico que todo o mundo já ouviu – se não a original, alguma das milhares de versões – é california_dreaming_mamas_and_the_papasCalifornia Dreamin’. Esta música foi considerada pela revista Rolling Stone a #89 melhor canção de todos os tempos!

Da banda The Mamas & The Papas, fala sobre a saudade do calor da Califórnia e do sonho de voltar para lá. Literalmente, a tradução do nome da música é “Sonhando com Califórnia”. Nos anos 60, devido ao acesso limitado a traduções e afins, os títulos das músicas eram traduzidos em alguns países para atrair ao público. No caso, a gafe da vez foi cometido pelos países de língua espanhola, que traduziram o nome da música para “Califórnia Somnolienta”, algo assim como Califórnia Adormecida ou Califórnia Sonolenta … que nada tem a ver com o verdadeiro nome da música!

Agora que você conhece mais sobre a história da música e os problemas encontrados no caminho, valorize os artistas contando para seus amigos e compartilhando estas curiosidades!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vernaculum - Todos Direitos Reservados 2019